Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka.

Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka.

Hello reader!

 

This is the Portuguese version of our article about the 3rd “Rumble in the Jungle” Warhammer 40.000 tournament, held in the city of Cuiaba in Brazil on the 22nd and 23rd of July 2017. You can check the English version of this article by means of this handy link.

 

+++

 

Olá Leitor!

 

E lá se vão 3 eventos “Rumble in the Jungle”. É difícil escrever um artigo sem começar a soar repetitivo, mas preciso admitir uma vez mais que nem em meus sonhos mais loucos eu poderia imaginar que tantas pessoas viriam até Cuiabá no Mato Grosso para jogar Warhammer 40.000.

 

“If you build it, he will come” é uma citação de um filme antigão (SPOILER ALERT) onde um cara constrói um campo de beisebol no meio do nada e espíritos aparecem para jogar nele, mas é uma frase poderosa que sobrevive ao longo dos anos mais até que o próprio filme (“Field of Dreams” no original, traduzido como “Campo dos Sonhos” no Brasil) e consagra a idéia de que se fizermos algo, com carinho e dedicação penso eu, as pessoas aparecerão. Acho que isso explica um pouco o sucesso crescente dos “Rumble in the Jungle” que vem crescendo e ganhando entusiastas com o passar dos anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Recebemos para a 3ª edição do evento, o “Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka” o maior número de jogadores já inscritos na história do evento, com participantes de eventos anteriores retornando, e novos rostos vindo nos prestigiar.

 

Retornando para o 3º Rumble tivemos os seguintes participantes: Felipe “Castelo” Castello Branco do Rio de Janeiro/RJ; Vitor “VoidBR” Kenner de Sobradinho/RS; Leonardo “Monty” Cabral Colombo de Canoas/RS; Ismael Schröer de Novo Hamburgo/RS; Charlie Scalabrin de Cuiabá/MT; Everton “Ton” Furegatto de Cuiabá/MT e Marcelo Guedes de São José dos Campos/SP.

 

As caras novas no evento ficaram por conta dos participantes: Arthur “Arhurt” Bobany de Porto Alegre/RS; Luiz Felipe Baldo Marques de Santa Cruz do Sul/RS; André Mancini de Cuiabá/MT; Valter Camelo de Cuiabá/MT; Sócrates “Peacecraft” Kentaro de São Paulo/SP; Luiz Guilherme Volpato de Cuiabá/MT e Jefferson Filgueiras de Cuiabá/MT.

 

Vendo todos os nomes a gente se toca que é gente pacas não é? Nem preciso dizer o quão satisfeito fiquei em poder contar com a presença de tantos participantes ?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aproveito e registro desde já meu agradecimento aos amigos que atenderam ao meu convite para participar ocupando as vagas de alguns cancelamentos que tivemos de última hora. Valeu mesmo Valter, Volpato e Jefferson. Tô devendo essa pra vocês.

 

Vendo todo o interesse no evento era óbvio que eu precisava me mexer para poder receber toda essa galera. Até então os Rumble anteriores utilizaram 4 mesas, mas para este seriam necessárias 7 mesas e cenários pra acompanhar. Felizmente para esta edição pudemos contar com o patrocínio da GAMEMAT.EU, que nos enviou 3 dos game mats produzidos pela empresa e um jogo completo de cenários para uma delas, e assim coube a mim preparar mais algumas peças de cenário para compor as mesas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pronto o trabalho era questão de aguardar a chegada dos nossos participantes, e como prometido eles vieram!

 

Como nos anos anteriores o “Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka” foi disputado ao longo de dois dias no final de semana dos dias 22 e 23 de julho de 2017 com os participantes se enfrentando em cinco rodadas, três delas disputadas no sábado e as duas restantes no domingo.

 

As disputas foram emparceiradas inicialmente de maneira a evitar o confronto de jogadores de um mesmo clube e ou localidade e nas rodadas subsequentes foi empregado o sistema suíço com base nos critérios especificados em nosso manual.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você acompanha as mídias sociais aqui do The Painting Frog (como a nossa página no Facebook e nosso Instagram) pode acompanhar a cobertura do evento enquanto ele acontecia e já viu diversas fotos e os resultados do torneio (publicamos dois álbuns de fotos exclusivos do Facebook aqui e aqui). Não nos acompanha ainda? Poxa segue a gente por lá também já que o conteúdo é exclusivo em cada uma dessas plataformas e te permite acompanhar mais de perto o que ando fazendo (olha quanto tempo demorou este artigo).

 

Essa edição do “Rumble in the Jungle” foi aquela que ofertou mais troféus aos participantes, com um total de 10 prêmios sendo disputados, em um universo ideal somente 4 participantes voltariam de mãos vazias para casa mas o “Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka” viu premiados uma vez mais aqueles que despontaram nos aspectos do hobby sendo premiados.

 

Ficaram assim nossos resultados:

 

MELHOR GENERAL:

1 –  Felipe Castello Branco – 5094 pts. (Space Marines)

2 – Arthur Bobany – 4074 pts. (Necrons)

3 – Marcelo Guedes – 3558 pts. (Necrons)

4 – Sócrates Kentaro – 3053 pts. (Deathguard)

5 – Ismael Schröer – 3050 pts. (Tau)

6 -André Mancini – 2543 pts. (Tau)

7 – Charlie Scalabrin – 2537 pts. (Space Marines)

8 – Leonardo Cabral Colombo – 2534 pts. (Deathwatch)

9 – Vitor Kenner – 2045 pts. (Ynarri)

10 – Valter Camelo – 2041 pts. (Black Templars)

11 – Luiz Guilherme Volpato – 2036 pts (Dark Angels)

12 – Luiz Felipe Baldo – 1533 pts. (Orks)

13 – Everton Furegatto – 1526 pts. (Tau)

14 – Jefferson Filgueiras – 27 pts. (Blood Angels)

 

MELHOR PINTURA:

1 – Arthur Bobany – 46 pts. (Necrons)

2 – Everton Furegatto – 44 pts. (Tau)

3 – Sócrates Kentaro – 40 pts. (Deathguard)

4 – Ismael Schröer – 39 pts. (Tau)

5 – Vitor Kenner – 36 pts. (Ynarri)

6 – Marcelo Guedes – 24 pts. (Necrons)

 

CAMPEÃO GERAL:

Arthur Bobany (Necrons)

 

OPONENTE FAVORITO:

Leonardo Colombo (Deathwatch)

 

MELHOR CONVERSÃO:

Sócrates Kentaro com o Daemon Prince de Nurgle (Deathguard).

 

MELHOR ARMY ARMY ESCOLHA DOS JOGADORES:

Everton Furegatto (Tau).

 

3º Lugar em “Melhor General” – Marcelo Guedes.

 

2º Lugar em “Melhor General” – Arthur Bobany.

 

1º Lugar como “Melhor General” pelo segundo ano consecutivo – Felipe Castello.

 

3º Lugar “Melhor Army Pintado” – Sócrates Matsuura com o exército “Death Guard”.

 

2º Lugar “Melhor Army Pintado” – Everton “Ton” Furegatto com seus Tau.

 

1º Lugar “Melhor Army Pintado” – Arthur Bobany com os Necrons da Dinastia Dakhma.

 

Prêmio de melhor conversão – Sócrates Matsuura pelo seu Daemon Prince de Nurgle.

 

Prêmio de “Oponente Favorito” – Leonardo “Monty” Colombo.

 

Prêmio “Melhor Army Pintado – Escolha dos Jogadores” – Everton “Ton” Furegatto.

 

Campeão Geral do Rumble in the Jungle III – Arthur Bobany.

 

Particularmente, se posso me permitir comentar, achei essa edição do Rumble de longe a mais fantástica em todos os aspectos. O sucesso dos eventos anteriores acabou deixando muita gente pilhada para participar o que trouxe um meta diferente pro evento. Tirando a dominância do Castello (que arregaça mesmo nesse jogo e conseguiu, se não me falha a memória, um scorecard perfeito da pontuação disponível) achei o torneio de Warhammer 40.000 extremamente disputado, com algumas partidas decisivas acontecendo nas rodadas finais e com muita gente disputando os troféus (ao menos os de segundo e terceiro lugar).

 

Também achei o “Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka” a edição mais bonita até aqui. Visualmente falando essa edição foi um espetáculo com belas mesas e, mais importante, armies FANTÁSTICOS, praticamente todos os armies apresentados estavam pintados, ficando a exceção por conta do ilustre Sr. Baldo (toma!), e por conta disso tivemos o número recorde de 6 participantes competindo pelo prêmio de melhor exército pintado.

 

Até mesmo os prêmios atribuídos através do voto dos participantes (“Oponente Favorito”, “Melhor Army na Escolha dos Jogadores”) e o prêmio de “Melhor Conversão (decidido por uma banca julgadora) foram extremamente disputados.

 

Porém ninguém voltou para casa de mãos abanando. a 3ª edição do “Rumble” também foi aquela que contou com maior número de patrocinadores e apoiadores, nacionais e internacionais, em um total de 12 (Roleplay, Lúdica, ES JOGOS, TonWorks, Cervejaria Louvada, Taverna Corvo Negro, Magus Boardgames, Figone – JBT figure art, Happy Games Factory, Discount_Games_Store, Don’t Panic Games e GAMEMAT.eu), garantindo assim que TODOS os participantes voltassem não com um, mas pelo menos com dois brindes para casa. Acho que ninguém saiu triste de Cuiabá dessa vez.

 

Um dos mimos oferecidos aos participantes – uma reguazinha com as medidas do Warhammer 40.000 ofertada pelo “The Painting Frog”.

 

Leonardo Colombo, André Mancini, Ton Furegatto, Sócrates Matsuura, Arthur Bobany e Ismael Schroer recebendo exemplares da revista White Dwarf ofertados pelo “The Painting Frog”.

 

Camisetas para o Baldo e Sócrates! Mais uma cortesia do “The Painting Frog”.

 

Volpato recebendo um dos jogos ofertados pela Lúdica.

 

Vitor Kenner recebendo outro dos jogos ofertados pela Lúdica.

 

Marcelo Guedes recebendo uma “dice tray” ofertada pela Ton Works.

 

Leonardo Colombo recebendo um dos modelos ofertados pela Doc’s Games Store.

 

Ismael Schroer recebendo um dos jogos ofertados pela Lúdica.

 

Felipe Castello recebendo um exemplar do livro Figopedia, ofertado pela loja Figone.

 

Jefferson Filgueiras recebendo uma peça de cenário da Ton Works.

 

Charlie e Baldo recebendo peças de cenários da Ton Works.

 

Sócrates, provando ser o escolhido de Nurgle, avatar do Pestilento no Rumble, recebendo um modelo de seu deus do Chaos favorito, ofertado pela Doc’s Games Store.

 

André Mancini recebendo para o Valter um dos modelos ofertados pela Doc’s Games Store.

 

Charlie Scalabrin recebendo outro dos modelos ofertados pela Doc’s Games Store.

 

Vitor Kenner recebendo outro dos modelos de Warhammer 40.000 ofertados pela Doc’s Games Store.

 

Felipe Castello recebendo mais um dos modelos de Warhammer 40.000 ofertados pela Doc’s Games Store.

 

Arthur Bobany recebendo um dos racks organizadores de tintas da ES Jogos.

 

Luiz Volpato recebendo um gos racks organizadores de tintas oferecidos pela ES Jogos.

 

Marcelo Guedes recebendo uma peça de cenário em MDF ofertada pela Ton Works.

 

Jefferson recebendo um startr set do jogo Eden, ofertado pela Happy Games Factory.

 

Luiz Felipe Baldo recebendo um exemplar do mangá “Infinity: Outrage” ofertado pela Magus Boardgames.

 

André Mancini recebendo um conjunto de tintas ofertado pela ES Jogos.

 

Everton “Ton” Furegatto recebendo um exemplar do jogo Drakerys, ofertado pela Don’t Panic Games.

 

Organizar eventos é mesmo trabalhoso. Eu sempre soube disso, especialmente depois de carregar muitas mesas de kombi da Red Coat para o SESC (ou seria SESI), e depois de volta, com a turma do Rio de Janeiro, e de lá pra cá a responsabilidade só aumentou. É um trabalhão, mas esse trabalho é sempre recompensado quando vejo a galera se divertindo de verdade ao longo do final de semana, e o fardo da organização sempre fica mais leve com a ajuda dos amigos, motivo pelo qual aproveito este momento para agradecer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em primeiro lugar gostaria de registrar o meu muito obrigado a todos os participantes, Felipe Castello Branco, Arthur Bobany, Ismael Nicholas Schröer, Vitor Schulze KennerLeonardo Cabral Colombo, Luiz Felipe Baldo Marques, Socrates Kentaro Matsuura, Marcelo Guedes, Charlie Scalabrin, Ton Furegatto, André Mancini, Jefferson Filgueira, Luiz Guilherme Volpato, Valter Camelo e ainda o brother Luis Carlos De Carvalho Dores que se inscreveram para o evento, abrilhantando-o com sua presença. Aproveito a e meus parabéns aos vencedores de cada um dos prêmios, recompensa merecida pelos esforços de cada um de vocês.

 

Em segundo lugar gostaria de agradecer aos amigos que de alguma maneira somaram esforços para que o “Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka” se tornasse o grande sucesso que foi, então fica ai o muito obrigado ao Ivan Almeida, ao Monty, ao Henrique Pereira, ao Babu, ao Alexander Palma, ao André “Tocha”, ao “Ultra”Marcos e ao AJ.

 

Em terceiro lugar gostaria de agradecer imensamente aos patrocinadores que acreditando na seriedade do trabalho na realização do evento e principalmente entendendo a importância de fomentar a comunidade (ainda que em outro país) somaram esforços ao nosso cedendo material para que sorteássemos para nossos participantes, ou insumos para a realização do evento. Obrigado uma vez mais à Roleplay, Lúdica, ES JOGOS, TonWorks, Cervejaria Louvada, Taverna Corvo Negro, Magus Boardgames, Figone – JBT figure art, Happy Games Factory, Discount_Games_Store, Don’t Panic Games e GAMEMAT.EU.

 

Por fim, o meu muito obrigado aos nossos visitantes que apareceram para conhecer o Warhammer 40.000, a galera do CCWB e ainda aproveitaram para jogar uns board games por aqui (você pode até conferir aqui a resenha do evento feita pela turma do “Chapéu de Mago“, um grupo de jogadores de tabuleiro que promove encontros aqui em Cuiabá/MT).

 

 

E acho que isso era o que tínhamos a registrar sobre “Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka”. Espero que a 3ª edição do evento tenha atendido as expectativas de nossos participantes e que este artigo cumpra a função de registrar esse fantástico final de semana. Ficou com vontade de vir? Apareça no próximo!

 

Nos vemos em breve em outro artigo por aqui.

 

Grande abraço!

4 thoughts on “Rumble in the Jungle III – O Imperium Contra Thraka.

  1. Parabéns pelo evento de nível altíssimo pelo visto e onde todos parecem ter se divertido bastante, importantíssimo valorizar essas empresas que apoiaram o evento diante de todas as dificuldades que o hobby enfrenta no Brasil. Vida longa a rumble um the jungle!!!!

  2. Meus parabéns, conte sempre com o apoio da Taverna Corvo Negro, espero da próxima poder ajudar muito mais….
    Um dia ainda vou parar, respirar um pouco e poder participar também.
    Um grande abraço.

    1. Grande Otávio!

      Obrigado a você e ao resto da turma da Taverna Corvo Negro pelo apoio! Ano que vem vai ser ainda melhor!

      Bora comprar uns bonecos e colocar na mesa com a gente.

      Abração e obrigado pelo comentário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *